quarta-feira, 18 de julho de 2007

mulheres incríveis e maravilhosas



com este título aí talvez o google mande muitos desavisados pro meu blog, é uma estratégia de marketing (ou talvez branding segundo um amigo meu que acha estes nomes relevantes e significativos) para aumentar meus clicks (rs).

na real andei pensando sobre minhas aulas e sobre alguns tópicos dos quais tenho falado (não, eu não sou só uma professora de língua inglesa, eu falo sobre o mundo). pela segunda ou terceira vez falo com meus alunos sobre heróis e heroínas, pessoas transformadoras da história.

a primeira reação é falar do super-homem (socorro). desfeito os desentendimentos, falam de homens, homens e mais homens. isso sendo generosa. somente a última turma (provavelmente por ser de graduação e não de cursinho) falou de muita gente, e muita mulher.

como odeio quando dizem que sou feminista é provavel que eu deva ser mesmo. amo ser XX. acho as mulheres demais. muito mais fortes que os XY. muito mais profundas. muito mais complicadas. e, claro, muito mais macias e bonitas.

agradeço à deus todos os dias por ela ter me feito mulher.

sem mais delongas, quero hoje falar um pouquinho de uma XX maravilhosa. Maria Skłodowska-Curie ou marie curie.

>>

Nasceu em novembro de 1867 em Varsóvia, Polônia, que na época era parte do Império Russo. Seus pais eram professores e desde bem jovem preferia estudar do que comer ou dormir. Proibida (XX) de estudar numa universidade, trabalhou como professora particular e estudou na ilegal “Universidade Flutuante” de Vársóvia. Mandava dinheiro para sua irmã que estudava medicina em Paris. Em 1891 mudou-se para Paris, onde estudou Matemática, Física e Química na Sorbonne. No começo de 1893 graduou-se. Um ano depois tornou-se Mestre em Matemática. Em 1903, orientada por Henri Becquerel (descobridor da radioatividade do urânio), recebeu seu Doutorado em Ciências( na École Supérieure de Physique et de Chimie Industrielles de la Ville de Paris). Foi a primeira mulher doutora na França. Resumindo, foi a primeira professora da Sorbonne, isolou substâncias radioativas, descobriu 2 novos elementos químicos (polônio e rádio). Em 1903 recebeu o prêmio Nobel de Física junto com Pierre Curie e Becquerel. Em 1911 recebeu o Nobel de Química. Pioneira em praticamente tudo, Marie foi a primeira mulher a receber o Nobel, a primeira pessoa a receber 2 Nobel e, até hoje, a única pessoa a recebê-los em 2 ciências diferentes (Linus Pauling também recebeu 2 em áreas diferentes, mas 1 de Química e 1 da paz). Apesar de tudo isso, seus XX não permitiram que fizesse parte da Academia Francesa de Ciências. Depois de mais uma porrada de feitos impressionantes a serem lidos na wikipedia, morreu em 1934. Seus restos mortais estão no Panteão em Paris.

Quando precisar fazer uma radiografia, agradeça à Marie.

fonte:texto meu baseado no da wikipedia.

2 comentários:

Telli disse...

"...muito mais macias e bonitas" Faltou cheirosas!

beijo bonita!

Bibi Move Scliar disse...

ah, essa dos títulos atrativos via google é engraçada porque eu, maior ingênua nestas estratégias de marketing entitulei um como "eu e as meninas de 13 anos". onde falava da minha experiência numa aula de dançå. ñ preciso nem falar que é o post que mais atrai new visitors. Um vexame...